abuso psicológico táticas de manipulação

Já se sentiu tão pequeno e impotente que não tem ânimo pra nada? Sente que está preso, pra baixo e sem esperança? Então, você pode estar sendo vítima de um abuso emocional também chamado de abuso psicológico.

Sim, eu sei como é isso. Já me senti assim e já fui vítima disso várias vezes. Até o dia que cansei e resolvi estudar mais sobre o assunto para descobrir me proteger.

Foi assim que descobri que tudo não passa de táticas e jogos de manipulação para controlar você.

Segundo a Drª Elizabeth Zamerul, psiquiatra e psicoterapeuta, devemos sair do alvo desses manipuladores compulsivos e voltar a viver.

Pois é nosso papel assumir nossa parte da responsabilidade e aprender a dizer “não” ao abuso e manipulação. Ou seja, decida simplesmente sair desse jogo perverso.

Continue a ler e descubra como sair do “perfil de alvo perfeito” desses vampiros energéticos já que eles escolhem a dedo quem irá permitir ser sugado e vitimado por eles.

Mas o que é abuso psicológico?

o que é abuso psicológico

Abuso emocional ou psicológico são as tentativas de uma pessoa assustar, controlar ou isolar você. Isto ocorre por meio de palavras, gestos e ações persistentes ao longo do tempo.

Certamente quanto mais tempo, maiores são as sequelas do abuso emocional. Este abuso pode acontecer dentro de um relacionamento complicado no trabalho, entre amigos ou familiares.

O agressor pode ser um companheiro, patrão, professor, mãe, pai ou responsável.

Qualquer um que detém algum poder sobre você (seja financeiro ou emocional) onde você se sente preso e sem forças pra agir.

O engano que muitas pessoas tem é de que o abuso psicológico não é tão grave quanto o abuso físico.

Porém, pode ser tão grave, e às vezes até mais sério pois é aplicado para destruir a pessoa de forma lenta e progressiva. É como se fosse uma tortura que nunca tivesse fim.

E o pior: ela é silenciosa, traiçoeira e difícil de ser descoberta. Acredite em mim, as sequelas são profundas. Você perde a vontade de viver e vai definhando aos poucos.

E o pior de tudo é que somos desacreditados por todos, até mesmo familiares e amigos. Até nós mesmos negamos a verdade pra não termos que ver uma realidade tão difícil.

Assim, o abuso emocional é difícil de ser confrontado, já que a vitima não tem apoio nem exata consciência do que acontece. O que é diferente do abuso físico onde todos reconhecem e se apoiam.

Não importa quem seja, você não merece e não é sua culpa. Assuma o fato que você precisa se empoderar e sair do lugar de vítima perfeita ou alvo perfeito dos manipulações.

Segundo a Drª Elizabeth, é nosso papel, como adultos, nos proteger e sair desse papel de vítima. Precisamos amadurecer e ser autores da nossa própria historia.

Jogo do esmagamento no abuso psicológico

abuso tática de rebaixar

O abuso emocional pode ser tanto de forma escancarada, como de forma mais dissimulada.

O rouba de identidade se dá com a destruição do amor próprio ou auto estima. Você deixa de ser você mesmo e passa a ser alguém que o abusador idealiza para servir a seus propósitos egoístas.

Você vira um verdadeiro mendigo emocional, tentando fazer o que é certo, sempre com aquela sensação de estar quebrado ou não ser adequado.

Até o dia que descobre que nunca irá ser suficiente o que você faz. Sempre vão exigir mais e mais.

Foi nesse momento que eu acordei e percebi que não iria chegar a lugar nenhum com isso.

Já se sentiu assim? Com aquela sensação de que nunca vai ser suficiente? Que poderá se esforçar o quanto quiser mas sempre vão exigir mais e mais.

A verdade é que isso não passa de um joguinho de reter o reconhecimento e amor para manter você se esforçando mais e mais. E quanto mais se esforça, menos recebe amor ou reconhecimento.

Não tem, nunca teve nem terá nenhuma intenção de reconhecer e agradecer. Pois se o fizerem, perderão o controle sobre você.

Este é um sentimento possessivo, egoísta e doentio. Não tem nada haver com amor, embora algumas pessoas que preferem se iludir. Entenda: ciúmes possessivo não é amor, é doença.

Faça o teste abaixo e conte quantas dessas táticas você tem sido vítima.

Táticas para minar sua identidade:

Tática de minar a identidade

1- Anulações de interesses

Dizem que seu hobby é um desperdicio ou perda de tempo, ou que não conseguiu ir tão bem quanto deveria. O que eles desejam é que você não participe de nada.

2- Perseguição

Quando eles sabem de algo que te incomoda, eles irão usar isto para te atacar sempre que tiver chance.

3- Assassinato de identidade

Você está SEMPRE atrasado, errado, estragando tudo, desagradável. etc. Ou seja, tentam implantar na sua mente uma visão distorcida de que você não é uma boa pessoa.

4- Desprezo e embaraço público

Você diz sobre algo que é importante para você ou sobre seus sentimentos e eles dizem que não é nada disso ou não é importante.

Ás vezes não fala mas, reviram os olhos, sorriem, suspiram para transmitir a ideia de que tudo que você sente ou pensa é errado. Expõem seus segredos ou tiram sarro de suas deficiências em público.

5- Menosprezando suas realizações

Eles dizem que não é nada demais o que você realizou ou dizem que sem eles, você jamais teria conseguido para reivindicar a responsabilidade pelo sucesso.

6- Gritar, Xingar ou rotular

Xingamentos e gritos são para te amedrontar e te fazer se sentir pequeno e sem importância. Pode ser acompanhado de socos e tapas.

Eles vão chamá-lo de estúpido, feio, gordo, magricelo, cachorro, ridículo ou outras palavras terríveis para ser repetidas durante o abuso emocional.

7- Paternalismo

Dizem coisas do tipo: “Ah você não consegue entender isso, vai além de sua capacidade.”

8- Brincadeira

Fazem piadas ou comentários sarcásticos, seja sobre algo verdadeiro ou inventado, com a intenção de fazer você se sentir tolo ou bobo.

Quando você reclama, eles lhes dizem que você leva tudo tão a sério desmerecendo seus sentimentos.

9- Insultos sobre aparência

Eles criticam sua aparência, roupa, modo de andar ou agir.

Nenhum relacionamento ou família são perfeitos.

Mas há diferenças entre errar sem ter a intenção de ferir os sentimentos do outro, e a tentativa planejada de manipular e rebaixar o outro com a intenção de proveito próprio.

Fique atento para isso. Existem diferenças entre pessoas tóxicas e pessoas abusivas.

Jogo da culpa no abuso psicológico

 tática de manipulação de culpar

São táticas cruéis de manipulação, apenas mais uma forma de ter poder sobre você, fazendo-o ficar isolado, preso e sem forças para agir.

Táticas para fazer você se sentir envergonhado:

1- Monitoramento 24hs

Eles querem saber onde você está e o que está fazendo o tempo todo. Insistem que você os responda ou os atenda imediatamente.

Te vigiam o tempo todo mesmo você já sendo um adulto. Verificam seu histórico da internet, registro de chamadas, emails e exigem suas senhas.

2- Ameaças

Fazendo terror para te fazer sentir medo. Algo como: “alguém vem te pegar” ou “não tem como descrever o que eu vou fazer com você”…

3- Controle financeiro

Eles se apropriam do seu dinheiro, impedem você de acessar e ter controle apenas para fazer você pedir dinheiro e ser dependente deles.

4- Sermões intermináveis

Fazem uma longa lista de seus erros (reais ou não) e deixam claro que eles pensam que você está abaixo deles.

5- Imprevisibilidade

Eles explodem de raiva do nada, de repente enchem você de afeto ou ficam sombrio para te fazer andar sobre cascas de ovos o tempo todo com medo de uma nova explosão.

6- São mandões tomando decisões por você

Eles dizem: “traga meu prato agora!”, ou: “Não faça isso!” Eles esperam que as ordens sejam seguidas imediatamente mesmo que você não concorde ou tenha outros planos.

Fazem coisas sem te consultar como cancelar conta bancária sua ou conjunta, cancelar consultas, falam com seu chefe sobre decisões que você não concorda.

7- Fingindo não saber

Eles dizem que não conseguem fazer algo. Na maioria das vezes, é mais fácil você ir lá e fazer do ensinar ou explicar. Eles sabem disso e se aproveitam para sugar seu tempo e sua energia em um abuso emocional.

8- Tratar você como uma criança

Mesmo você já sendo adulto responsável, eles dizem o que vestir, o que e quanto comer ou quais amigos você pode ver.

Ter cuidado com a influência de amigos ruins ou mal intencionados e cuidar da saúde é importante. Mas tentar passar por cima de você ou te isolar do mundo todo é outra coisa.

9- Usam outras pessoas

Eles dizem: todo mundo pensa que você é louco ou todos dizem que você está errado.

Na maioria das vezes, ninguém falou nada, ou quando falam, o fazem influenciados pelas próprias mentiras que inventaram sobre você.


Jogo de pisar no abuso psicológico

tática manipular de pisar

O agressor é uma pessoa extremamente insegura, apesar de tentar transparecer o contrário. Eles querem que você acredite em uma falsa realidade, de que eles estão no topo e você está no fundo.

Na maioria das vezes, é justamente o contrário. Mas eles trabalham para você acreditar nessa mentira.

Táticas do rebaixamento:

1- Viram a mesa

Te acusam de fazer aquilo que eles estão fazendo, dizendo que você tem problemas de raiva por ser uma pessoa muito sensível.

2- Fugir da responsabilidade

Culpam você de tudo o que está errado na vida deles. Porque você não fez o suficiente ou se meteu onde não deveria.

Não importa o que você faça, nunca será suficiente para eles. Sempre estarão descontentes, não importa o quanto se esforce porque a intenção é não assumir a parte da responsabilidade deles e sim, jogar tudo em você.

3- Ciúmes

Eles o acusam de paquerar eles ou outras pessoas, de terem inveja ou ciúmes deles ou de os trapacearem. Algo que eles mesmos podem estar fazendo.

4- Negam algo que você sabe que é verdadeiro

Tentará fazer você acreditar que está vendo coisas, que não houve um certo acontecimento, mesmo que ele saiba que aconteceu.

Simplesmente para te confundir e você começar a duvidar de si mesmo.

5- Prejudicar e negar

Eles fazem coisas como quebrar seu celular, jogar fora suas chaves e depois negam tudo.

6- Cobranças

Eles dizem: “você me deve isso”, ou “veja tudo o que eu fiz por você”. Isso tudo na tentativa de te fazer sentir mal e culpado a ponto de você fazer o que eles querem.

7- Provocar e jogar a culpa

Eles sabem como e quando te provocar. Depois jogam a culpa em você de ser muito sensível ou exagerado.

Quando você se queixa dos ataques e provocações, eles negam e demonstram estar perplexos com isso. Mas na verdade, tudo foi planejado com antecedência.

Jogo de intrigas no abuso psicológico

abuso psicológico, tática de  intrigas

Os agressores colocam suas próprias necessidades emocionais à frente das suas.

Por isso eles se colocarão entre você e as pessoas que o apoiam para tornar você dependente e presos a eles em um abuso emocional.

Táticas de isolamento e negligência:

1- Exigências

Você deve colocar eles em primeiro lugar e fazer tudo o que eles pedirem sempre. Porém não é uma via de mão dupla. Não tem reciprocidade da parte deles.

2- Colocar todos contra você

Dirão a colegas, amigos e até à família que você é instável e propenso à histeria.

Dizem que você não deseja vê-los ou dão desculpas porque você não pode participar das reuniões familiares, de trabalho ou escolares.

3- Desumanizar você e não dar afeto

Não olham nos seus olhos, ou olham para outro lugar enquanto falam com você. Eles se recusam a tocar você, nem mesmo para segurar sua mão ou ombro.

Eles podem recusar relações sexuais para puni-lo e fazer você fazer o que eles querem.

4- Ignorar você ou agir com indiferença

Eles ignoram suas tentativas de conversar, seja pessoalmente, por mensagens ou telefonemas.

Mudam de assunto ou simplesmente o ignoram quando você quer falar sobre algo importante para você. Não se sensibilizam com sua dor, vêem você sofrendo e não fazem nada.

5- Invalida seus sentimentos e tentativas de ajuda

Quando você está deprimido (por motivos reais) e busca apoio, eles o acusam de ser muito carente e que o mundo não pode parar para resolver problemas que não são sérios.

Tentam fazer você acreditar que não é nada demais o abuso psicológico ou físico. O que quer que você sinta, eles dirão que está errado em se sentir assim ou que não é exatamente o que sente.

6- Exclusividade

Quando você está no celular ou fazendo qualquer outra coisa, eles ficam em cima para você entender que sua atenção deve ser exclusiva para eles.

7- Tática de fazer você ser totalmente dependente

É uma estratégia para fazer você pensar que não vive sem eles, quando na verdade, eles é que são dependentes de abusar você, como forma de aumentar sua própria autoestima.

Isto é uma escolha consciente e não um problema que eles não conseguem mudar, como querem que você acredite.

No final você acaba acreditando que é dependente deles e não pode viver sem o abusador(a).

Este é um tipo de relação doentia que vai matando a vítima aos poucos tirando sua vitalidade e energia. Como uma relação parasitária.

Esta é uma tática para fazer você esquecer como é ser livre e achar normal ser dependente e preso. É um ciclo vicioso prejudicial que precisa ser quebrado por você mesmo.

O abusador(a) se apropria do salário ou dinheiro que é seu, lhe passando somente uma parte ou mesada mínima.

O abuso não escolhe gênero sexual, idade ou condições financeiras e pode ser qualquer um.

Só relembrando que o abusador aqui, tanto podem ser homens quanto mulheres, pais, avós, irmãos, tios, chefes, colegas, companheiros(as).

A verdade é que esta pessoa se sente poderosa em te maltratar e rebaixar. É uma pessoa insegura que precisa pisar no outro para se sentir melhor.

Mas aceitar isso não é uma forma de ajudar o abusador.

Pelo contrário, você só será conivente em suas atitudes erradas de se afundar cada vez mais no buraco que ele mesmo cavou.

Sem contar no trauma devastador que causa nos seus filhos, quem os tiver.

Decida deixar para trás a vergonha, o medo, a dor e siga em frente. Você é mais forte do que imagina. Você merece ser feliz. Vai ficar tudo bem.

A seguir deixo um vídeo sobre como identificar e lidar com manipuladores muito bom mesmo.

Este artigo te edificou? Tem algo mais que te ajudou a superar o abuso emocional? Nos ajude contando sua experiência de superação, abaixo nos comentários;) Um grande abraço!

Lanna Figueredo

Minha missão é compartilhar informações que vão contribuir para a melhor a qualidade de vida das pessoas.

Você também pode gostar de ;)
Latest Posts from Lanna Figueredo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *