Se proteger de agressões físicas

Se você está sofrendo agressão física, confie nos seus instintos e se proteja também de agressão psicológica. Saiba que viver desta maneira não é bom, nem com você ou o agressor, nem filhos ou familiares que com certeza sofrem ao ver você assim.

Se tem medo de violência física, ligue para o número de emergência 180 contra violência doméstica para denunciar.

Eles também podem te ajudar qual decisão melhor a tomar até mesmo te ajudar a encontrar algum abrigo.

Se você tem filhos e bens com esta pessoa ligue no disque 180. Sim, eles te ajudarão a buscar uma assistência jurídica.

Agressão física: o que eu preciso entender?

agressão física e psicológica

Aceite que a agressão física, verbais ou agressão psicológica não é sua responsabilidade, não merece isso nem foi você que provocou. Procure apoio emocional de pessoas que te amam, não se isole.

Não tente explicar ou argumentar nada com seu agressor. Você não poderá ajudá-lo, pois já se tornou um vício de dependência ele abusar e manipular e você em permitir o abuso.

Esse padrão de comportamento precisa ser quebrado por eles mesmos, os abusadores. É uma decisão pessoal que envolve reconhecer e se esforçar, o que eles não estão dispostos a fazer.

Entenda que eles vão precisar buscar ajuda profissional e não será da noite para o dia que eles mudarão. Mas a mudança deles não é responsabilidade sua. Você só pode se responsabilizar pela sua própria mudança.

Não deixe que eles usem isso para te manipular a aceitar a agressão física ou psicológicas. Se sentir que você ou seus filhos estão em perigo, não espere até que seja tarde demais.

Ninguém merece ser violentado, xingado ou maltratado.

Aprenda a dizer não para o seu bem, de seus entes queridos e, até mesmo para o bem do abusador já que os abusos tendem sempre a piorar. Não aceite nenhuma agressão psicológica como normal.

Não discuta ou enfrente o abusador, principalmente em casos onde há agressão física. Isto além de não resolver seu problema, só irá criar mais.

Se já fez de tudo e não resolveu, simplesmente pare de tentar argumentar, pois isto só vai te desgastar mais e tirar a energia que precisa pra se refazer.

Simplesmente crie um plano de fuga e não tenha medo de reconstruir novamente sua vida.

Dicas importantes para sair do ciclo da agressão física

Como se proteger da agressão psicológica ou física.
  • Saia de qualquer negócio envolvido. Corte todos os laços. Deixe claro que acabou e não olhe para trás. Procure um terapeuta ou conselheiro que possa lhe mostrar uma maneira saudável de seguir em frente.
  • Defina limites pessoais. Limite o contato com o agressor o máximo que puder. Não permita que ele te sugue pra a relação abusiva novamente com argumentos.
  • Dê a si mesmo tempo. Procure apoio em amigos, familiares, conselheiro e psicólogo.

Levante a cabeça, tenha fé e não olhe para trás.

ame o próximo como a si mesmo

Você ama o abusador? Ame também a si mesma, seus filhos e sua família. Ame a todos igualmente, não permitindo que ninguém maltrate ou seja maltratado, inclusive seus filhos, parentes e você mesmo.

Todos somos criaturas de Deus e amados por ele. Por isso não aceite a mentira de que merece a agressão física.

Também não seja conivente com as coisas erradas que as pessoas fazem por motivos egoístas.

O abusador diz que te ama? Quem te ama não faz você sentir medo. O verdadeiro amor não faz nenhum mal para o ser amado, inclusive não agride sua companheira por nenhum motivo.

No amor não há medo, pois o perfeito amor afasta todo medo. Se temos medo, é porque tememos o castigo, e isso mostra que ainda não experimentamos o verdadeiro amor.

1 João 4:18
Lanna Figueredo

Minha missão é compartilhar informações que vão contribuir para a melhor a qualidade de vida das pessoas.

Você também pode gostar de ;)
Latest Posts from Lanna Figueredo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *