Passivo agressivo

Como reconhecer um comportamento passivo agressivo? Você já se deparou com alguém que parece estar sempre te sabotando, atrasando ou te colocando pra baixo de forma sutil?

A agressão passiva também é considerada agressão psicológica. Ela está lá, mas não está, você vê e não. Ela é difícil de ser identificada, sorrateira e sutil.

O comportamento passivo agressivo é aquele que envolvem uma atuação agressiva de forma indireta em vez de diretamente agressiva .

Podem procrastinar, expressar mau humor ou agir com teimosia. Pessoas passivo agressivas tem resistência aos pedidos ou exigências da família e de outras pessoas.

De repente um colega deixa seu nome fora de um e-mail sobre uma reunião importante, porém nunca manifestou nenhuma agressividade.

É o cônjuge que costuma ser pontual, mas demora uma eternidade para sair de casa quando chega a sua vez de escolher onde vão sair.

Continue lendo para saber mais sobre como esse comportamento pode atrapalhar sua saúde emocional e até mesmo, destruí-la.

Sinais de um comportamento passivo agressivo

comportamento passivo agressivo

A agressividade passiva vem de várias formas, o que torna difícil saber se você trabalha, mora ou convive com um agressor passivo, ou se você é um.

Portanto, separei 7 das formas dos traços de caráter passivo agressivo que podem surgir no seu dia a dia:

1- Críticas disfarçadas de elogios

Aqui estão alguns elogios comuns e normais: “Ótimo corte de cabelo!” ou “Que comida deliciosa!”

E aqui alguns exemplos de elogios menos agradáveis: “Ótimo corte de cabelo, eu costumava ter o mesmo quando era adolescente”.

Ou “Que comida deliciosa, nem consegui comer todo aquele coentro”. Não é nenhum segredo o que o agressivo passivo busca, geralmente ele procura rebaixar o outro para competir e se sentir melhor.

Se você não tem certeza do tipo de elogio que recebeu, preste atenção em suas próprias respostas.

Sentiu vontade de dizer “obrigado”, então recebeu um elogio verdadeiro e amável.

Se você sentir vontade de sair correndo gritando da sala, então não foi um elogio sincero e gentil.

2- O insulto passivo agressivo

Sempre ocultando uma crítica atrás de uma suposta boa intenção com o “mas”.

Por exemplo: “Sem querer julgar, mas … Logo após eles dizem algo maldoso, insensível ou crítico como: “Não pense que sou insensível, mas …”, “Não quero parecer egoísta, mas …”

3- Sempre atrasado

Se você é um agressor passivo, alguns minutos podem se transformar em algumas horas.

Na verdade, todos nós podemos nos atrasar e é por isso que temos relógios. Mas para o passivo agressivo, o relógio atrapalha.

Se eles não querem ir a um jantar, mas se sentem obrigados a ir? Eles apenas aceitarão o convite mas só aparecerão quase no final da festa, se forem.

O mesmo é verdade quando eles se ressentem de ter que comparecer a uma reunião. Por isso vão se atrasar 20 minutos dizendo: já estão todos aqui?

O comportamento é quase sempre consciente, mais é comum ser inconsciente também. Mas sempre muito irritante.

4- Procrastinação crônica

O passivo agressor é genial no trabalho quase completo.

A casa que é arrumada exceto a cozinha; a roupa lavada, mas não guardada; a louça lavada mas não a pia que aliás, fica lá cheia de comida e sujeira.

É uma estratégia comum do passivo agressivo, que fica com ressentido de ter que fazer o trabalho por isso deixa você cansado e com raiva também.

Isto tudo para que você se sinta exigente demais ao criticá-lo e no final, decida fazer você mesmo ao invés de pedir.

5- Tratamento silencioso…

O som do silêncio é o som de um passivo agressivo quando está chateado.

Se você ficou chateado com algo que um amigo ou familiar fez, você pode dizer: “Estou chateado com algo que você fez”.

Em vez disso, uma pessoa passivo agressiva diria: “…………….. O silêncio é sempre uma estratégia ideal para os agressores passivos e não é difícil perceber por quê.

Parece evitar um conflito, mas na verdade o provoca com a própria falta de comunicação servindo como uma provocação e uma tortura. É, portanto feito de forma passiva, mais ainda assim, é uma atitude agressiva que machuca.

6- Desejo vitimista

Começam dizendo que desejam algo e concluem dizendo que provavelmente não irá acontecer. Ás vezes aos berros.

“Seria ótimo se você pudesse terminar a obra até na quarta-feira, mas acho que vai demorar até sábado”.

O objetivo claro, é anunciar uma ideia e, em seguida, rejeitar imediatamente, colocando assim o fardo de fazer ou não fazer sobre você.

7- Sabotagem

Aquelas roupas que seu cônjuge deixou de colocar pra lavar um dia antes de você embarcar naquela viagem de negócios que você estava esperando a meses?

Sabe aquele prazo final que esqueceram de lhe contar até que faltasse apenas algumas horas?

Comece a observar se realmente é intencional ou foi realmente algo que aconteceu isoladamente.

O que causa um comportamento passivo agressivo?

Infancia


O comportamento passivo agressivo tem consequências graves para as relações amorosas, entre familiares e profissionais.

Por que mesmo assim é tão comum? Existem alguns motivos para isso:

1- Educação rígida

O comportamento passivo agressivo pode ter relação com um ambiente onde a expressão das emoções foi proibida ou vista como um desrespeito.

Não poder expressar seus verdadeiros sentimentos de forma aberta, ao invés disso, encontram maneiras de extravasar passivamente sua raiva ou frustração de não poder se expressar.


2- Situações complicadas

A situação também influencia o comportamento passivo agressivo.

Quando você está em uma ocasião em que demonstrações de agressão não são socialmente aceitáveis, como em um negócio ou evento familiar.

Você pode estar mais inclinado a responder de forma dissimulada quando alguém o deixa com raiva.

Pegar o caminho mais fácil ao invés do mais difícil que é ser assertivo e emocionalmente transparente.

Quando defender-se é difícil ou assustador, a agressão passiva pode parecer uma maneira mais fácil de lidar com suas emoções sem ter que confrontar ou revelar a fonte de sua raiva.

Reconhecendo seu comportamento passivo agressivo

Muitas vezes é mais fácil reconhecer a agressividade passiva nos outros, mas e se você for um passivo agressivo?

Tente observar seu próprio comportamento:

  • Às vezes usa o sarcasmo para evitar conversas profundas?
  • Evita as pessoas com quem está chateado?
  • Costuma ficar de mau humor quando está chateado com outra pessoa?
  • Enrola fazer as coisas como forma de punir os outros?
  • Já deu tratamento silencioso a alguém por estar com raiva dela?

Se você acha que o comportamento passivo agressivo está arruinando seus relacionamentos, existem formas para mudar a forma como se relaciona com os outros.

Como lidar com o comportamento passivo agressivo

Comunicação mais saudavel

Procure se expressar

Entender o que está sentindo e aprender a expressar seus sentimentos de uma forma saudável é um passo importante para acabar com o comportamento passivo agressivo.

O conflito é uma parte inevitável da vida, mas saber como dizer seus sentimentos de forma assertiva trará melhores resultados.

Melhore o seu auto conhecimento

A atitude passivo agressiva às vezes surge de não ter consciência do por que você está chateado ou o que está sentindo.

Comece a prestar atenção ao que está acontecendo ao reagir a diferentes pessoas e situações.

Dê a si mesmo tempo para mudar

Reconhecer suas próprias atitudes é um passo importante para a mudança, mas mudar suas reações pode levar algum tempo.

O comportamento passivo agressivo pode ser destrutivo e cruel, mas é provável que todos nós agimos assim às vezes.

Ao entender o que engatilha essas ações e como lidar com elas, você pode não apenas mudar com as pessoas em sua vida, mas também diminuir os prejuízos aos seus relacionamentos.

Lanna Figueredo

Minha missão é compartilhar informações que vão contribuir para a melhor a qualidade de vida das pessoas.

Você também pode gostar de ;)
Latest Posts from Lanna Figueredo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *