Relacionamento complicado

Qual o segredo dos relacionamentos felizes e saudáveis? Através de leituras de livros, palestras e vídeos sobre relacionamento complicado e amor patológico aprendi muito sobre o que devemos evitar.

Fiz entrevistas com alguns psicólogos da área e várias histórias e cheguei a seguinte conclusão: precisamos identificar os maiores erros cometidos para se proteger e não entrar em um relacionamento complicado.

Além de aprender a identificar como é um relacionamento saudável para buscar esses segredos de quem já chegou lá.

Primeiramente devemos entender o que é um relacionamento complicado, tóxico ou abusivo e porque sempre nos envolvemos em um, mesmo fazendo de tudo para sair deste ciclo.

Segundo a psicóloga Joanna Martins, embora seja normal que todo mundo cometa erros, todos podemos aprender a amar melhor.

Ela nos aconselha a aprender a reconhecer atitudes ruins em um relacionamento complicado e amor patológico.

Para então mudá-las em atitudes boas e em uma relação saudável.

Aprendi que é importante observar sinais ruins em seu relacionamento e não ignorá-los. Porque podem se transformar em abuso psicológico e físico. Principalmente se está pensando em casamento.

Todo profissional da área aconselha a todos que acham que está em uma situação perigosa, confiar em seus instintos e obter ajuda .

O “amor autêntico” é aquele que liberta o outro do sofrimento e conduz sua alma ao “banquete divino”, já o “amor possessivo”, persegue o outro com o objeto de o devorar.

Platão

Amor patológico ou dependente

Amor patologico

Já ouviu sobre isso? Talvez aquilo que chamamos de amor, não seja realmente amor.

Segundo pesquisas, a atitude de fixar atenção e cuidados ao companheiro é esperada em qualquer relacionamento amoroso saudável.

Todavia quando isso extrapola o normal onde o outro passa a ser sua única prioridade. Quando começa a cuidar mais do outro do que de si mesmo de modo a deixar seus interesses pessoais de lado, isto não é um bom sinal.

Neste momento deixou de ser um relacionamento saudável para se transformar em amor patológico ou doentio.

Isto pode acontecer tanto com homens quanto com mulheres. Porém as pesquisas mostram, que a maioria são mulheres. Não se sabe exatamente, mas a cultura da sociedade conta bastante para isto.

Já aconteceu comigo, com várias conhecidas e pode estar acontecendo com você. Por isso quero dar meu apoio e passar todo o meu conhecimento que pesquisei sobre o assunto e que me ajudou bastante a superar relações difíceis.

Sinas de um relacionamento doentio

Estou em um relacionamento difícil? Essa era as perguntas que sempre me fazia. Como eu descobri que estava em um? Veja agora os sinais e faça o teste abaixo de quantos você se identifica.

1- Intensidade

Já sentiu quando alguém manifesta sentimentos intensos demais e um comportamento que te faz sentir sufocada?

As coisas estão ficando muito intensas e você sente que o outro está acelerando o ritmo do relacionamento rápido demais e parece obsessivo em querer vê-la e estar em contato constante.

2- Possessividade no relacionamento complicado

relacionamento complicado possessivo

Já sentiu que o outro fica querendo controlar cada passo seu? Saber com quem você passa o tempo e o que faz?

Segundo os psicológos, embora o ciúme seja uma emoção humana normal, ela se torna tóxica quando faz com que alguém tente controlar ou prejudicar o outro.

Não confunda amor com ciúmes. Isto é, na verdade, um sintoma de um amor patológico ou doentio.

O outro fica chateado quando você está no whatsapp ou sai com pessoas que ele sente que seja uma ameaçada? Te acusa de flertar ou trapacear? Pode até mesmo chegar a perseguir a pessoa.

A possessividade é muitas vezes desculpada por ser uma super proteção ou ser uma paixão por alguém. Porém é bem tóxica e perigosa.

3- Manipulação

Já sentiu que seu parceiro tenta controlar suas decisões, ações ou emoções? Quem nunca!?

A manipulação é frequentemente difícil de se reconhecer, porque pode ser feita de maneiras muito sutis ou passivo-agressivas. Já vi isso acontecer várias vezes, inclusive comigo.

Você sabe que está sendo manipulado se alguém está tentando convencê-lo a fazer coisas que não se sente confortável em fazer. Ele te ignora até que você faça o que ele querer ou tenta influenciar seus sentimentos?

4- Isolamento dentro do relacionamento doentio

Manipulação dentro do relacionamento

Já se sentiu isolado de seus amigos, familiares ou outras pessoas dentro de um relacionamento doentio? Como se estivesse presa?

Esse comportamento geralmente começa devagar com alguém pedindo que você gaste mais tempo com ele, mas depois vai aumentando de forma a exigir que você não veja mais certas pessoas.

Na maioria das vezes, eles pedem que você escolha entre eles e seus amigos ou familiares.

Insistem que você gaste TODO o seu tempo com eles ou fazem você questionar seu próprio pensamento a respeito de seus amigos e familiares.

Se você já estiver se sentindo isolada, acabará se tornando dependente de seu parceiro para ter amor, dinheiro ou aceitação.

5- Sabotagem

Já sentiu que, sua reputação, realizações ou sucesso estão sendo sabotadas?

A sabotagem inclui impedi-la ou te desestimular de fazer coisas importantes para você.

Entenda que atitudes como falar pelas costas, iniciar fofocas ou ameaçar compartilhar informações pessoais sobre você também são sabotagem.

6- Menosprezo

Quando alguém faz e diz coisas para fazer você se sentir mal consigo mesmo.

Isso inclui xingamentos, comentários grosseiros sobre pessoas próximas ou críticas sobre você.

Também é depreciativo quando alguém zomba de você de uma maneira que faz você se sentir mal, mesmo que seja uma piada. Com o tempo, isso pode fazer você perder a confiança em si mesmo ou em suas habilidades.

7- Jogo da Culpa

Quando alguém faz você se sentir responsável pelas ações dele ou faz com que você sinta que é seu trabalho mantê-lo feliz.

Eles podem culpar você por coisas que estão fora de seu controle e fazer você se sentir mal por elas.

Isso inclui ameaçar se machucar ou a outros se você não fizer o que eles dizem ou ficar com eles.

Eles também podem pressioná-lo a fazer algo com o qual não se sente bem, alegando que é importante para eles ou que os sentimentos deles serão feridos se você não o fizer.

8- Ambiente Imprevisível do relacionamento complicado

Quando alguém tem uma reação realmente forte e imprevisível que faz você se sentir assustado, confuso ou intimidado.

Uma pessoa imprevisível faz com que você “ande sobre cascas de ovos” o tempo todo ou elas terão reações extremas a coisas pequenas.

O relacionamento com eles parece uma montanha-russa que contém altos e baixos extremos.

Eles podem reagir exageradamente a pequenas coisas, ter grandes mudanças de humor ou perder o controle, ficando violentos, gritando ou ameaçando você.

relacionamento complicado no amor patológico

9- Desviando a responsabilidade

Quando alguém sempre inventa desculpas por seu comportamento tóxico. Eles podem culpar você ou outras pessoas por suas próprias ações negativas.

Muitas vezes, isso inclui colocar a culpa no uso de álcool ou drogas, distúrbios de saúde mental ou experiências passadas (como ex-traidores ou pais divorciados).

10- Traição

Quando alguém é desleal ou age de maneira desonesta e intencional em um relacionamento complicado.

Eles podem agir com falsidade sendo uma pessoa diferente quando estão com outras pessoas.

Ou compartilhar informações privadas sobre você para outras pessoas. Também inclui planejar mentir, deixar você de fora, ter duas caras ou trair você.

Co-dependência e o relacionamento doentio

Ficar obcecado, viciado em “viver pelo outro”, esperando que ele dê significado à sua vida ou considerando a relação a dois como uma prioridade em sua vida é um grande erro.

Em uma relação construtiva, os interesses e atividades anteriores ao relacionamento(profissão, atenção aos filhos, cuidados pessoais…) são mantidos ou melhorados para a própria realização pessoal.

Segundo pesquisas realizadas pela USP, vítimas do amor patológico ou doentio, também chamadas de co-dependentes, são atraídas por parceiros distantes e inseguros.

A maior parte dependentes de álcool ou drogas e que necessitam de cuidados.

Dessa forma, o codependentes é o alvo perfeito de pessoas narcisistas e manipuladoras que, por sua vez, são dependentes do abuso.

Pessoas seguras e gentis, por outro lado, são consideradas desinteressantes pelo codependente ou vítima do amor patológico.

Portanto a pessoa que sofre dependência emocional sabota a própria felicidade sem perceber e acaba se colocando em um relacionamento complicado ou abusivo.

Como sair do alvo desses lobos em pele de cordeiro?

Sair do alvo de abusadores

Reconhecer que precisa deixar de cuidar apenas do outro abandonando seus interesses com a ilusão de que isto fará você ganhar o amor, respeito ou admiração do outro.

Além de não conseguir ganhar o amor que tanto quer, este caminho só reforça a dependência do outro aos cuidados, abuso e relacionamento doentio.

Ou seja, provavelmente o outro nunca vai mudar ou melhorar porque você está cuidando dele.

Pelo contrário, o outro encontrará o ambiente perfeito para continuar no mesmo comportamento de abuso.

Você precisa praticar o amor próprio, aprender a dizer não e entender que é merecedora de todo amor e respeito do mundo. E entender que não pode mudar quem não quer ser mudado.

A única coisa que pode mudar o abusador é, ele assumir a responsabilidade e o compromisso da mudança, que não é fácil nem rápida.

Grupos de apoio, terapia, cercar-se de uma rede de amizade e apoio é uma ótima forma de você se proteger de um relacionamento complicado.

Ame, ame, ame… mas não esquece que só podemos dar o que temos. Então seja cautelosa com quem você se relaciona.

Quem ajuda pessoa adulta complicada é psicólogo e psiquiatra, mas mesmo assim, a pessoa precisa reconhecer que precisa de ajuda e se esforçar para fazer o tratamento para mudar.

Não permita que ninguém o desrespeite nem espere que alguém te ame por algo que você faz. O amor deve ser gratuito e compartilhado de ambas as partes para sustentar uma relação.

Quer saber como terminar um relacionamento da maneira correta? Clique aqui.

Você é uma criação de Deus, portanto merecedora de todo o afeto, respeito e amor do mundo. Levanta a cabeça e siga em frente. Vai ficar tudo bem.

Gostou deste artigo? Comenta aqui embaixo o que achou;) Um grande abraço!

Lanna Figueredo

Minha missão é compartilhar informações que vão contribuir para a melhor a qualidade de vida das pessoas.

Você também pode gostar de ;)
Latest Posts from Lanna Figueredo

1 Comment

  1. Eu estava lendo e parece que estava me vendo. Realmente não vale a pena, mas não consigo me libertar desse relacionamento. Não sei mais o que faço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *